Avaliação do Usuário

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Decoração influencia diretamente na mensagem que o profissional passa ao cliente

consultorio pediatra adriana bellao 01 Copy

O local de trabalho é para muitos profissionais a segunda casa. Por isso, a escolha da decoração de ambientes corporativos é tão importante. É nesses locais que uma ou mais pessoas passam grande parte do dia, recebem clientes e tomam decisões importantes. Mas, além de proporcionar bem estar para quem trabalha, os ambientes corporativos transmitem mensagens sobre os profissionais, o que torna a decoração uma grande aliada.

consultorio pediatra adriana bellao 02 Copy

A arquiteta Adriana Bellão, de Campinas, explica que a funcionalidade deve se sobrepor a gostos pessoais. “Em um ambiente corporativo vale mais a praticidade do que passar personalidade de uma pessoa em si. É um espaço coletivo ou no qual o profissional irá atender pessoas, por isso o bom senso na hora de projetar e decorar é essencial”, diz.

O ambiente de trabalho reflete os conceitos principais da empresa, além de atender às necessidades de organização espacial básicas para a existência da corporação. “Diferente de uma casa, onde por exemplo você faz um quarto com as preferências do morador, no ambiente corporativo você deve buscar agradar o maior número de pessoas, sem ser específico nas suas preferências. O importante é a funcionalidade e a mensagem que quer se passar”, alerta.

consultorio pediatra adriana bellao 03 Copy

Adriana Bellão exemplifica, lembrando de um projeto que fez para um escritório de advocacia. “Me chamaram para fazer a sala de reuniões do escritório. Antes de conceber o projeto é preciso entender o que irá acontecer no local. Em um escritório de advocacia, por exemplo, a sala de reuniões é usada para tomar decisões importantes, difíceis e até sigilosas. Por isso, a ideia foi passar seriedade, sobriedade e reforçar a privacidade. Fiz isso colocando apliques em gesso nas paredes já existentes e fazendo paredes extras em drywall, além de rebaixar o teto em gesso e instalação de forro acústico no teto para dar privacidade e resolver o problema da acústica do ambiente. No piso, foi instalado carpete, que também auxilia na acústica”, lembra.

consultorio pediatra adriana bellao 04 Copy

A profissional destaca que em casos como esse, quanto menos peças chamativas, melhor. “A decoração foi simples: estantes, bancadas de apoio para café, uma mesa Sarinen e cadeiras de couro. Para finalizar o projeto, coloquei uma tela sob encomenda, que compôs com os tons do ambiente”, conta Adriana, destacando que para ficar impessoal, o ambiente não precisa ser frio e pouco acolhedor.

O uso de cores e móveis, segundo Adriana Bellão, varia de acordo com o ramo de atividade exercida no ambiente e, principalmente, com o bom senso. “O local pode ter, por exemplo, referências à profissão. No que tange às cores, quem lida com saúde, por exemplo, tem a tendência de usar o branco, que remete à limpeza e higiene. Já em profissões mais despojadas, como publicitários, o ambiente pode abusar na cor e estampas”, afirma.

sala de reunioes adriana bellao 01 Copy

O projeto de decoração deve estar intimamente ligado à ocupação do profissional e deve ser sempre planejado pensando no melhor atendimento ao público. Para desenvolver um projeto de um consultório de uma pediatra, Adriana Bellão abusou da criatividade e da adaptação do espaço original. “Às vezes é preciso recriar o espaço para se chegar à proposta ideal.”

O que existia no início era uma sala única com um banheiro. Foi feita uma obra para dividir os espaços e depois a ambientação. Criou-se uma recepção com espera, um espaço kids e o consultório em si. O local não tem tapete nem muitos adornos, pensando na praticidade e até mesmo na segurança das crianças. Para ganhar espaço e dar conforto aos pacientes, foi colocado um banco em MDF, tirando partido de um pilar existente. Já que se trata de um ambiente para atender crianças, não pode faltar o lado lúdico, que foi caracterizado com brinquedos e pufes. Mas ao mesmo tempo, os móveis projetados especialmente para o local, em estilo clean, dão a seriedade que a profissional precisa passar para os pais.

sala de reunioes adriana bellao 02 Copy

A receita para o sucesso na decoração de ambientes corporativos, segundo a arquiteta, é fácil. “O projeto tem que buscar transmitir a credibilidade daquele profissional. Não pode ser um conjunto de referências pessoais, tem que ser acolhedor para todos e não apenas para o profissional. A dica é sempre pensar na mensagem que se quer passar, do tipo de serviço que se presta ali, lembrando sempre do bom senso. Seguindo isso, não tem como errar”, finaliza.

adriana bellao 2013 - baixa

 

Sobre Adriana Bellão - Formada pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da PUC Campinas, Adriana Bellão possui mais de 20 anos de atuação. Em 1996, fundou o Estúdio Adriana Bellão – Arquitetura de A A Z, que executa projetos residenciais, comerciais e corporativos. Com um conceito integrado de trabalho, o portfólio de serviços inclui arquitetura, design de interiores e consultoria. É presença constante nas principais mostras de arquitetura, decoração e paisagismo da região de Campinas, tendo participado dez vezes da Campinas Decor e três da Casa Cor Campinas.

 

Serviço

Adriana Bellão. – Arquitetura de A A Z

Endereço: Rua Laís Bertoni Pereira, 150 - sala 07, Campinas, SP , CEP 13.024-570

Telefones: (19) 3251-6336 / (19) 99174-4262

www.adrianabellao.com.br

Avaliação do Usuário

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Localizado na Aclimação, apartamento de 220 m² preza a leveza e o conforto

Ark2 Arquitetura 3 Copy

As arquitetas Anna Gabriela Teixeira e Luciana Bulus, do escritório Ark2 Arquitetura, receberam a missão de transformar um apartamento recém finalizado e “em branco”, localizado na Aclimação. Os moradores fizeram um acordo com a construtora para que o apartamento fosse entregue sem pisos, revestimentos (banheiro), forro de gesso, luminárias e bancadas.

Ark2 Arquitetura 7 Copy

“Foi muito bom receber o imóvel sem nenhum acabamento, nos deu mais liberdade para criar e incorporar novos materiais. Além disso, o casal nos deixou livre para trazer novidades” diz Luciana Bulus.

Ark2 Arquitetura 1 Copy

O casal, que possui dois filhos pequenos, a Gabi de quatro anos e o Henrique de seis anos, sempre foi muito alegre e positivo e desejavam que sua casa transmitisse essa alegria. Eles faziam questão de um piso de mármore na sala e na varanda e madeira nos quartos, para não ficar tão frio. A esquadria da sala (que divide com a varanda) foi retirada, e o piso da varanda nivelado para que a sala ficasse totalmente integrada com a varanda.

Ark2 Arquitetura 9 Copy

Ark2 Arquitetura 10 Copy

O projeto teve como conceito leveza, abertura (amplitude) e conforto. Elas sugeriram pisos e revestimentos de parede que ampliassem o apartamento. Para as áreas sociais, foi utilizado o piso em mármore crema marfil polido e nos quartos foram usados pisos em madeira taco palito cumaru.

Ark2 Arquitetura 5 Copy

Nos banheiros, foi colocado porcelanato branco nas paredes e pastilhas colormix, faixa rosa para menina e azul para o menino, já o banheiro do casal foi revestido em limestone (imitando cimentício).

Sobre o escritório Ark2 Arquitetura

Acompanhar o cliente desde a escolha do imóvel, garimpar materiais inovadores, buscar soluções e estar presente do dia a dia da obra até o momento da decoração de interiores. Esse é o conceito do escritório Ark2 Arquitetura, criado em 2006 pelas arquitetas Anna Gabriela Teixeira e Luciana Bulus.

Enquanto muitos arquitetos imprimem seu estilo e sua marca nos projetos que desenvolvem, as sócias buscam conhecer seus clientes e adequar seus projetos aos desejos e sonhos de cada um deles, o que torna cada projeto único.

Localizado no Itaim, o escritório desenvolve projetos comerciais e residenciais sempre com uma visão contemporânea, por meio de um trabalho feito com dedicação e parcerias altamente qualificadas. A busca pela excelência e eficiência faz com que a Ark2 Arquitetura se destaque no mercado.

Ark2 Arquitetura

Rua Tabapuã, 474 – Conjunto 105 Itaim Bibi

www.ark2.com.br

Avaliação do Usuário

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

 A 21ª edição da Casa Cor Pananá, será realizada de 26 de agosto a 05 de outubro, no Cine Ribalta, localizado no Graciosa Country Club (Av. Munhoz da Rocha, nº 1.504, Cabral), com a participação de profissionais das áreas de arquitetura, design, decoração, paisagismo, entre outros. 

Confira os ambientes externo dessa edição da Casa Cor Paraná: 

Jardim Frontal e Praça COMPAGAS | Arquiteto Paisagista Wolfgang Schlögel

 

Presença tradicional e esperada na Casa Cor Paraná, o arquiteto paisagista Wolfgang Schlögel assina, em 2014, o Jardim Frontal e Praça COMPAGAS. A transformação da área externa do Cine Ribalta, em Curitiba, ganhou a atenção e o cuidado para que todos possam vivenciar a paixão por usufruir de bons momentos ao ar livre.

 

amb. 02 - jardim frontal e praça compagas - wolfgang - casa cor parana

Avaliação do Usuário

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Profissionais de arquitetura e decoração dão dicas de como redecorar o quarto do bebê que cresceu e agora é criança. Dá para reaproveitar móveis e cores sem que seja preciso uma grande reforma.

A chegada de um bebê vem acompanhada de muita alegria e empolgação. Os pais preparam o quarto do novo filho com muito esmero, cuidando de cada detalhe da decoração para que fique aconchegante, cheia de ternura e beleza. Mas essa fase passa e, logo, o bebê se torna uma criança. O quarto já não atende mais as necessidades do filho, que está crescendo, e o espaço precisa ser adaptado para essas mudanças. Mas como? Profissionais de arquitetura e decoração dão dicas importantes.
 
quartos infatins 2 Copy
Apostar em uma decoração mais neutra para o quartinho do bebê é a dica dada pelas arquitetas do escritório Óbvio Arquitetura | Foto: Rodrigo Marcandier
 
“O quarto de bebê pode ser projetado para continuar funcional até a adolescência e sofrer o mínimo de alterações ao longo do tempo. Para isso, a decoração deve ser pensada de forma neutra para tornar o cômodo versátil”, esclarece as profissionais da Óbvio Arquitetura, Luciana Araújo e Nathália Otoni.
quartos infatins 1
Segundo Fabiana Visacro, a bancada do trocador pode virar um local de estudos ao receber cores e efeitos novos | Foto: Henrique Queiroga
 

E engana-se quem pensa que é necessário fazer uma grande reforma para que o quarto, que antes abrigava um bebê, se adéque à rotina da criança. A designer de interiores Fabiana Visacro ensina como reutilizar alguns móveis: “A bancada do trocador pode virar um local de estudos ao receber cores e efeitos novos. Com massa corrida e tinta colorida cria-se um lindo efeito de pátina. Prateleiras e nichos podem ser transformados em suporte para livros. O berço dá espaço para a cama que pode vir com outra auxiliar acoplada para receber os amiguinhos. O armário do bebê, geralmente branquinho, pode ganhar pecinhas de cristal ao redor dos puxadores para as meninas ou adesivos de super-heróis para os meninos”.

quartos infatins 3 Copy
Projeto: Fabiana Visacro
 
É possível reaproveitar ainda as cores do quarto. Apostar em tons tradicionais, mas utilizando-o de uma forma mais original pode ser uma excelente saída para não precisar pintar novamente o quarto. “Os tons secos, quando ganham aspecto aveludado torna o ambiente mais acolhedor e sofisticado. Já cores como o rosa pode ser transformado em nude ou rosê”, aconselha Fabiana.
 
quartos infatins 4 Copy
Projeto: Óbvio Arquitetura

O mais importante é, antes de projetar o quarto do bebê, pensar no futuro. “Acreditamos que todos os projetos devem ser pensados para ter longa duração. O quarto de bebê é o principal exemplo disto, uma vez que ele cresce muito rápido e todo o mobiliário pode ser perdido. Para minimizar a perda, é interessante projetar o mobiliário para que ele possa ser mantido posteriormente. A melhor forma de fazer isto é pensar em um mobiliário multifuncional”, encerram Luciana e Nathália.

Mais informações e agendamento de entrevistas:
MÃO DUPLA COMUNICAÇÃO
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Ana Paula Horta: (31) 9852-7018

Avaliação do Usuário

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive
Fechar ambientes, criar divisórias ou dar charme à decoração, não importa a função!
Os elementos vazados fazem toda a diferença no projeto.
MARCY RICCIARDI ARQUITETURA - VILA MARIANA 14
 
MARCY RICCIARDI ARQUITETURA - VILA MARIANA 5

O elemento vazado, também conhecido como cobogó, foi muito utilizado elemento de decoração em projetos de arquitetura na década de 20. Neste projeto assinado pelo escritório Marcy Ricciardi Arquitetura o design do elemento vazado foi desenvolvido pela arquiteta.

MARCY RICCIARDI ARQUITETURA - VILA MARIANA 6

MARCY RICCIARDI ARQUITETURA - VILA MARIANA 15

E a ideia foi executada em madeira, pela empresa Império Kaori. “Gostamos bastante dos elementos vazados, pois eles são uma ótima opção para dividir e harmonizar ambientes, sem carregá-los. É um bom artifício para ser utilizado em ambientes reduzidos” explica a profissional.

MARCY RICCIARDI ARQUITETURA - VILA MARIANA 35

Marcy ainda ressalta que as opções de vazados servem para manter a privacidade sem comprometer a luminosidade e a visibilidade. Hoje no mercado são diversos os modelos de elementos, construídos com materiais como madeira, cerâmica, acrílico, vidro e concreto. Além da função de quebrar a claridade solar, aproveitando a ventilação natural, os elementos vazados na decoração proporcionam um ambiente mais sofisticado e com um ar retrô.

MARCY RICCIARDI ARQUITETURA - VILA MARIANA 33

MARCY RICCIARDI ARQUITETURA - VILA MARIANA 20

Alguns cuidados são essenciais na hora de aplicar os elementos vazados no processo de alvenaria. O primeiro deles é que os cantos vivos dos elementos vazados devem ser protegidos para evitar danos. Além disso, o transporte precisa ser sempre realizado na posição vertical, lembrando que a estocagem das peças deve ser feita na posição vertical em terreno plano e com empilhamento máximo de três fileiras, finaliza Ricciardi.

Serviço:
Marcy Ricciardi Arquitetura e Interiores
Av Francisco Prestes Maia, 902 sala 63 São Bernardo do Campo/ SP
Tel: + 55 11 2669.9741

Avaliação do Usuário

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Pufes, baús, sofás, bancos e outros móveis aos pés da cama trazem praticidade, já que organizam itens como as roupas de cama, e ainda dão um toque charmoso ao quarto

Há no quarto um espaço que quase sempre passa despercebido. Os pés das camas não costumam receber muita atenção. Mas nesse cantinho pode estar a chave para tornar o ambiente mais original, charmoso e funcional. Com o uso de mobiliário específico, o pé da cama ganha estilo e o quarto mais organização.

estilo aos pes da cama 2
Projeto de Maria Cristina Bahia

“Colocar móveis aos pés da cama é uma proposta elegante e clássica. Além de dar um toque todo especial à decoração, a peça — que pode ser um baú, pufe, divã ou outras opções — é um ótimo suporte para os momentos de leitura e descanso”, conta Maria Cristina Bahia, decoradora e proprietária da Loja Villa Maria, especializada em dormitórios.

O arquiteto Luis Fábio Rezende deAraújo detalha as opções de móveis que podem ser usados para esse fim: “Chaises e sofás são mais generosos e criam um visual belíssimo, mas é necessário ter mais espaço para o uso destas peças. Pufes e bancos estofados são ótimas escolhas para se ter apoio com conforto em espaços mais compactos. Já o baú decora de forma moderna e traz funcionalidade, pois pode-se usar o espaço interno para guardar objetos”.
 
estilo aos pes da cama 1
Projeto de Luís Fábio

Segundo Maria Cristina, para fazer uma boa escolha, é ideal estudar o layout e posicionamento da cama. A profissional enfatiza: “A harmonia é o mais importante”. Luís Fábio complementa: “O espaço deve ter coesão independente das características estéticas de cada móvel”. De acordo com o arquiteto, o móvel que contempla os pés da cama nunca deve chamar mais atenção que a própria cama. “Opções mais neutras, mesmo que com um belo design, são as minhas prediletas. Mas há alguns casos em que a cama não possui cabeceira, apenas um painel estofado. Por isso, aceita bem um móvel mais clássico, antigo e bem entalhado. Nesses casos específicos o mobiliário pode se tornar a atração do conjunto”, explica Luís Fábio.

estilo aos pes da cama 3
Projeto de Iara Santos

Independente da escolha do móvel que irá compor os pés da cama, essa é uma excelente opção para quem quer trazer praticidade ao quarto com um toque de charme e beleza. Uma forma de decorar, mas também de facilitar a vida das pessoas, o que é um dos principais objetivos da arquitetura e decoração.

Foto: Daniel Mansur

Mais informações e agendamento de entrevistas:

MÃO DUPLA COMUNICAÇÃO
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Ana Paula Horta: (31) 9852-7018

Avaliação do Usuário

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Durante a Casa Cor em São Paulo, que acontece no Jockey Club até o dia 20 de julho, o decorador José Roberto Moreira do Valle assina o espaço Bar do Relógio e dedica uma atenção especial aos detalhes. Com a aposta na mistura do clássico com o contemporâneo para criar um ambiente de contrastes aconchegantes, o decorador pernambucano valoriza os objetos de decoração e móveis. Na porta de entrada do espaço de 200 m2, dois puxadores da Linha Aço Inox da Papaiz trazem ainda mais requinte e charme ao local.

Bar do Relógio - Casa Cor SP 2014 2

Newsletters

Cadastre-se e receba  nossas novidades.

Siga-nos

Siga nossas redes sociais

facebook verde twitter verde Instragran verde

Últimas Matérias Publicadas

  • O paisagismo em empreendimentos dos novos tempos

  • Fazenda São José há mais de 74 anos é tradição e referência em Decks e Pérgolas

  • Garden seat invade a decoração

  • Vem aí a 3º edição do Congresso Nacional de Paisagismo Online, o Conapa

  • Uma perspectiva otimista para o mercado de paisagismo

  • 1