Minha trajetória no Paisagismo

Avaliação do Usuário

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive
 

É com muita honra que começo a escrever como colunista do Paisagismo em Foco!

Vou contar um pouco da minha trajetória, digo que não escolhi o paisagismo, foi o paisagismo que me escolheu.

Estava no terceiro ano do curso de Arquitetura da FAU-USP em 1990 quando uma amiga disse que a mãe dela, arquiteta, estava precisando de estagiário...daí vocês já imaginam: o escritório era de paisagismo. Desse escritório acabei sendo indicada para outro e depois outro, até tentei arrumar emprego em outra área mas não consegui.

CatePoli Home 1

Trabalhei com vários profissionais, mas acho que aprendi mais nos quase 3 anos que trabalhei para a arquiteta paisagista Isabel Duprat. Na época desenhávamos à mão, eu era a única assistente, até hoje a considero uma das melhores profissionais do Brasil.

Um pouco da minha afinidade com as plantas acho que herdei da minha avó japonesa, ela sempre teve muitas plantas em casa, todas superbem cuidadas! Acreditem: aos 91 anos ainda cuida da horta que ela tem no jardim...

CatePoli Home 4

Em 1997 comecei a trabalhar sozinha informalmente, tinha poucos clientes, mas um após outro foram se multiplicando, por indicação, até que abri minha empresa no ano 2000. Depois disso vieram 2 edições de Casa Cor, uma sociedade que durou 8 anos e o retorno à carreira solo.

Hoje, depois de quase 16 anos, acabei focando no mercado residencial de alto padrão, fazendo projetos de áreas externas, não só de plantio mas envolvendo arquitetura de exteriores: pisos externos, piscinas, pergolados, fogo de chão, orquidários, espelhos d´água, iluminação de jardim.

CatePoli Home 15

Também administro a execução dos jardins que projetamos, pois acredito que o jardim dos sonho dos clientes só se materializa quando o projeto sai do papel!

E para os próximos anos penso numa maneira de tentar democratizar o paisagismo, penso em como acessar as camadas mais simples da população, elaborando jardins funcionais, com hortas, pomares que ajudem a melhorar o meio ambiente, com uma pegada estética mas também ecológica, pois acredito que essa é a minha missão: melhorar a qualidade de vida das pessoas!

Nos próximos posts vou falar um pouco dos meus jardins, espero que gostem! Grande abraço!

Caterina Poli
Arquiteta paisagista

Publicidade

Newsletters

Cadastre-se e receba  nossas novidades.

Siga-nos

Siga nossas redes sociais

facebook verde twitter verde Instragran verde

Últimas Matérias Publicadas

  • Idealização da Praça Ayrton Senna do Brasil

  • Tendências na arquitetura para lojas de moda

  • CASACOR RS 2017 chega a sua 26ª edição

  • Confira o lindo jardim vertical no interior de São Paulo com GreenWall Ceramic

  • Linha Levve marca presença na Casa Cor SP 2017

  • 1