29ª Expoflora - Maior exposição de flores e plantas ornamentais, Holambra - SP.

  • Escrito por Administrator

Mercado de flores e plantas ornamentais deve crescer 15% em 2010

O movimento deve chegar a R$ 3,5 bilhões esse ano graças ao maior leque de ofertas de variedades, da durabilidade das flores, e da eficiência na cadeia produtiva. A Expoflora, maior exposição de flores e plantas ornamentais, que acontece em setembro, em Holambra, cidade do interior de São Paulo que responde por 30% pela comercialização do setor, ajuda a estimular as vendas em todo o país. O evento será de 02 a 26 de setembro, de quinta-feira a domingo, e nos dias 06 e 07 (segunda e terça – feriado da Independência do Brasil), das 9h às 19h.

O mercado brasileiro de flores e plantas ornamentais deve crescer 15% esse ano, apesar das quedas na faixa de 30%, em alguns casos, provocadas pela realização de Copa do Mundo seguida das férias escolares. O movimento deve atingir R$ 3,5 bilhões em 2010, de acordo com as estimativas do presidente do Ibraflor - Instituto Brasileiro de Floricultura, Cornelis Petrus Theodorus Schoenmaker, ou Kees Schoenmaker, como é conhecido no setor. Em 2009, o índice foi de 12%.





Segundo Kees, o ritmo de crescimento deve-se, principalmente, ao maior leque de opções de variedades, à maior eficiência na cadeia produtiva e ao aumento da durabilidade das flores. Outro impulso para o setor deve ser a maior demanda por projetos de jardinagem, que também favorece o bom momento do mercado.



Para o presidente do Ibraflor, os números devem começar a aumentar em setembro, a partir da realização da Expoflora, maior exposição de flores e plantas ornamentais da América Latina, em Holambra, que coloca as novidades da floricultura nacional em evidência. A cidade reúne cerca de 200 produtores e responde por 30% do comércio brasileiro de flores e plantas ornamentais e por 80% das exportações. A edição da Expoflora desse ano será realizada no período de 02 de setembro a 26 de setembro, de quinta-feira a domingo e nos dias 06 e 07 (segunda e terça – feriado da Independência do Brasil), das 9h às 19h.



O evento recebe anualmente cerca de 300 mil visitantes de praticamente todos os Estados brasileiros e do Distrito Federal, além de algumas excursões de países vizinhos. A exposição de flores e plantas ornamentais, sua principal atração, serve como termômetro para medir a aceitação dos consumidores pelos novos produtos. No Garden Center, onde as flores e plantas são comercializadas nos dias da festa, são disponibilizadas para a venda mais de 200 espécies de 2 mil variedades de flores e plantas cultivadas por cerca de 200 produtores de Holambra. A expectativa de vendas no Garden Center em 2010 é de 600 mil unidades.



Vitrine



A Expoflora é considerada uma vitrine da excelência das empresas holambrenses voltadas à floricultura. Os produtores têm trabalhado há anos para garantir maior qualidade e longevidade das flores e plantas ornamentais, resultando em produtos cada vez mais percebidos e valorizados pelo consumidor. O dirigente do Ibraflor explica que o produtor brasileiro tem investido na melhoria do material genético e naqueles mais adequados ao clima brasileiro.

Além disso, a cadeia do frio (logística) - como é chamado o ciclo desde o cultivo até o ponto de venda – está mais eficiente com o uso de caminhões aclimatizados adequadamente e floriculturas melhor preparadas para garantir a durabilidade das flores e plantas. “A qualidade dos produtos que Holambra oferece ao mercado ajuda a impulsionar os negócios em todo o país. A média anual de consumo no Brasil é de US$ 7,00 a US$ 18,00 por pessoa, muito abaixo, ainda, da média européia, de US$ 70 por habitante/ano. Os europeus consomem flores e plantas no dia a dia, enquanto que, no Brasil, a demanda é mais significativa nas datas comemorativas, como Dia das Mães, Namorados, Mulher e Finados”, explica Kees Schoenmaker .


De acordo com ele, as flores mais conhecidas do consumidor ainda são as rosas e as orquídeas. “Mas, a cada ano o brasileiro vem descobrindo a diversidade da floricultura”, diz.



Empregos e negócios

Não é apenas o setor de floricultura o beneficiado com a realização da Expoflora. Para a economia da região de Campinas (SP), o evento reflete em negócios estimados entre R$ 18 milhões e R$ 20 milhões, beneficiando as cidades localizadas num raio de 80 km de Holambra. Durante a sua realização são gerados 1.800 empregos diretos e cerca de 3.200 mil indiretos, abrindo cerca de 5 mil vagas temporárias para as diversas atividades profissionais. O investimento para a realização da Expoflora é de R$ 3,5 milhões.

Por: Expoflora - Jornalismo.

www.expoflora.com.br

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

+ Outras Matérias

Prêmio Americas Property Awards

Prêmio Americas Property Awards

Foi com muita alegria que fui comunicado pela empresa organizadora do Prêmio Americas Property Awards que o projeto que desenvolvi para o empreendimento Residencial Haras Patente foi um dos vencedores. Na hora eu não sabia qual era a categoria que o meu projeto tinha vencido, só descobriria na hora da premiação. A cerimônia foi no JW Marriott, em Los Ange...

Arquiteta Adriana Bellão ensina a acertar na hora de decorar um ambiente corporativo

Arquiteta Adriana Bellão ensina a acertar na hora de decorar um ambiente corporativo

Decoração influencia diretamente na mensagem que o profissional passa ao cliente O local de trabalho é para muitos profissionais a segunda casa. Por isso, a escolha da decoração de ambientes corporativos é tão importante. É nesses locais que uma ou mais pessoas passam grande parte do dia, recebem clientes e tomam decisões importantes. Mas, além de proporc...

Gilberto Elkis - Paisagista

Gilberto Elkis - Paisagista

  Conheça melhor o perfil dos projetos do paisagista Gilberto Elkis, participante da primeira edição do Anuário de Paisagismo do Brasil.   ...

Gil Fialho - Paisagista

Gil Fialho - Paisagista

  Conheça melhor o perfil dos projetos do paisagista Gil Fialho, participante da primeira edição do Anuário de Paisagismo do Brasil.     ...

Curta-nos no Facebook