Jardim vertical: paisagismo em grandes empreendimentos avança em novas direções

Avaliação do Usuário

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive
 

Jardins verticais cada vez mais estão aflorando como opção paisagística na arquitetura do mundo inteiro. Tendência que cresce principalmente em conjunto com a indústria da construção civil atenta à sustentabilidade, mas também como uma opção mais amistosa à interação urbana, que opte por mais verde, até mesmo em espaços inusitados como paredes, colunas, decks elevados, etc. 

Paula_Magaldi_-_Jardim_Vertical_1

Além de oferecer grande beleza e provocar admiração aos olhos e aos sentidos, esta modalidade do paisagismo apresenta diversos benefícios tanto para as pessoas quanto para o ecossistema. Assim como qualquer outro jardim, o vertical pode melhorar a sensação térmica e a qualidade do ar, pois além de produzir oxigênio, torna o ar mais úmido e cria uma atmosfera muito agradável com a combinação das plantas, flores e aromas.

Paula_Magaldi_-_Jardim_Vertical_7

Porém, algumas condições iniciais devem ser consideradas na hora de se projetar um jardim vertical, como: tecnologia, irrigação, condições de luminosidade, ventilação, incidência do sol, umidade, substrato para plantio e principalmente as espécies de plantas selecionadas para cada projeto.

Paula_Magaldi_-_Jardim_Vertical_8

A iluminação, por exemplo, é um ponto crucial e tem de ser bem planejada para que se obtenha o destaque que o projeto merece. Uma dica é que não são necessárias luzes coloridas, que aumentam a realidade das cores, algo discreto e que faça o destaque necessário e, principalmente, não prejudique a planta já produz um efeito bastante elegante.

Paula_Magaldi_-_Jardim_Vertical_3

Quando falamos em sustentabilidade, o projeto deve prever uma sinergia neste sentido. A escolha das melhores espécies de plantas, as mais adequadas para o local e para a região, as soluções que precisem menor manutenção ou troca.

Paula_Magaldi_-_Jardim_Vertical_9

Escolher materiais reciclados ou renováveis é outro ponto a se considerar. Todo material utilizado no projeto tem garantia de 20 anos, sendo feito de material de descarte, além de incluir treliças, apoios e todo o aparato necessário para que o jardim tenha sua melhor qualidade. Plantas de ciclo curto precisaram ser trocadas com frequência, canteiros com plantas perenes são uma alternativa melhor, utilizar plantas de folhas coloridas é uma boa alternativa para oferecer harmonia e vida ao jardim e seu entorno.

Paula_Magaldi_-_Jardim_Vertical_2

Hoje a sustentabilidade passou de um estágio diferencial passageiro de outrora, para uma condição muito mais cristalizada na forma de pensar a relação com o mundo, e em muitos casos já como força de norma e exigência de mercado. Um projeto de paisagismo mal projetado e mal executado representará além de custos elevados e constantes, uma opção não tão eficiente em termos sustentáveis. O uso de forrações para substituir as gramas, quando possível é uma boa alternativa, arbustos de flor também são alternativas que devem ser melhor aproveitadas.

Paula_Magaldi_-_Jardim_Vertical_5

Os maiores pontos de desperdício são a escolha de plantas erradas, o plantio mal executado, o retrabalho e a concepção de projetos que exigem podas constantes, assim como o uso inadequado de materiais. Outras tecnologias que são utilizadas não tem o retorno desejado no pós venda, por isso é de extrema importância que o material tenha a qualidade necessária tanto para a utilização quanto no pós venda. Sabendo o que se tem que evitar, as soluções são bem mais simples.

Paula_Magaldi_-_Jardim_Vertical_15

Utilizar materiais como substratos originários de fontes renováveis, como a casca de pinus, a fibra de coco, a serragem, o bagaço de cana, ou a casca de arroz são alternativas ao uso da terra. Reduzir os custos ou mantê-los baixos e controlados é um grande desafio. É comum usarmos substratos orgânicos, além disso, compostagem é um dos ingredientes para a construção do jardim vertical, sendo totalmente sustentável.

Paula_Magaldi_-_Jardim_Vertical_10

É seguro afirmar que hoje há uma crescente retomada pela valorização do verde, do que é natural e orgânico, e também diferenciado e inusitado, como os jardins verticais. As pessoas buscam ambientes mais harmônicos principalmente nos grandes centro urbanos, que durante décadas passaram por intervenções em que o concreto ditou muito mais as normas do que o verde. Empreendimentos com um bom projeto de paisagismo ou com um jardim bem executado vendem com maior facilidade. O consumidor de hoje está conectado, informado e ciente do que busca.

Paula_Magaldi_-_Jardim_Vertical_16

Hoje, as grandes empresas e os melhores profissionais se pautam por essa consciência do bem estar como carro-chefe das modernas incorporações, um bom projeto não pode mais se dar ao luxo de desconsiderar esta abordagem, é um caminho sem volta.

Paula_Magaldi_-_Jardim_Vertical_11

Paula_Magaldi_-_Jardim_Vertical_13

O resultado será melhor na qualidade de vida, uma sociedade mais responsável e uma melhor relação com o meio ambiente. Se mantivermos o rumo em poucos anos teremos uma nova geração de consumidores comprometidos e eco responsáveis, além de um espaço urbano muito mais saudável, agradável e belo!

www.paulamagaldi.com.br/

Adicionar comentário


Código de segurança Gerar novo código

Publicidade

Newsletters

Cadastre-se e receba  nossas novidades.

Siga-nos

Siga nossas redes sociais

facebook verde twitter verde Instragran verde